TCL Turbinas

Andar em baixa rotação prejudica o motor do seu veículo?

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Andar em baixa rotação

Muitos motoristas tentam diminuir o consumo de combustível do veículo, com práticas bastante duvidosas e que podem ser prejudiciais.

Uma delas é a condução do carro com o motor trabalhando em baixa rotação. É uma alternativa bastante utilizada, porém que pode ser maléfica para a vida útil do seu veículo.

Geralmente a prática consiste em usar uma marcha mais alta no câmbio, mesmo em velocidades mais baixas do que o normal. Dessa forma, o motor irá trabalhar em um regime de rotação também mais baixo.

Saiba que isso pode causar alguns danos no motor. Continue lendo o nosso artigo e entenda!

Afinal, dirigir em baixa rotação prejudica o motor?

Pode prejudicar, como também pode não prejudicar. É necessário fazer a consulta do manual do proprietário do seu veículo. Com ele você vai saber que o fabricante indica as velocidades ideais para cada troca de marcha. Isso, seguindo os parâmetros do conjunto motriz do modelo.

Geralmente, a segunda marcha deve ser trocada aos 20km/h. Já a terceira marcha até 45 km/h. E a quarta marcha é em até cerca de 60 ou 70 km/h. Por fim, a quinta marcha pode ser atingida, caso você ande por um determinado tempo nesta mesma velocidade.

Quando o motor de um veículo entra em funcionamento, ele ostenta uma baixa rotação de cerca de 800 rpm. Após ser aplicada uma leve força no pedal do acelerador para ganhar velocidade, o conta-giros no painel do carro irá acusar uma faixa superior a 1.000 rpm.

A partir daí, com o ganho de velocidade e as trocas de marcha, a rotação consequentemente irá subir.

Caso o motor entregue um nível de torque suficiente em baixa rotação, para que o motor funcione sem muito esforço, o conjunto dificilmente enfrentará problemas.

No mais, é sempre válido seguir o que é recomendado pelo fabricante no manual do proprietário.

Geralmente, as velocidades e rotações recomendadas para as trocas de marchas por cada montadora, proporcionam um equilíbrio entre desempenho e economia de combustível.

O uso do ponto morto (neutro)

Usar o ponto morto ou neutro é algo habitual entre vários motoristas. Principalmente em semáforos de trânsito.

Porém, ao contrário do que muitos pensam, essa é uma prática equivocada, sobretudo em carros mais novos, equipados com injeção eletrônica.

Dessa forma, o ponto morto deve ser engatado somente com o carro parado.

Com o veículo estando em movimento e o câmbio na posição neutro, o conjunto continua injetando combustível, no intuito de manter o motor em funcionamento.

Em conclusão, o ideal é sempre consultar o manual do proprietário, antes de conduzir o veículo. Saiba que andar em baixa rotação, pode prejudicar o motor. Fique atento sempre!

Leia também “Quer saber qual é a melhor marca de turbo? Confira aqui!”.

Em caso de dúvidas ou sugestões, entre em contato com TCL. Estamos preparados para te atender!

Veja mais conteúdos

Deixe seu comentário

Sobre a TCL

A TCL é uma empresa que marca sua presença no segmento de turbos e compressores de ar há mais de 30 anos, sendo reconhecida por seus clientes devido a sua qualidade e princípios éticos. 

Recent Posts

Contate-nos

Deixe nos lhe ajudar?

Receba nossas novidades

Conteúdos especiais para você!