TCL Turbinas

Turbo monofluxo ou pulsativo: entenda as características e saiba qual o melhor

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Turbo monofluxo x pulsativo

Escolher o melhor turbo vai além do tamanho da carcaça e do diâmetro. Ouros fatores importantes contribuem para a escolha ideal. Um deles é o tipo. O que vale mais a pena: o monofluxo ou o pulsativo? No artigo iremos explicar detalhes sobre cada um.

Motores a combustão interna

Antes de explicar a diferença dos dois tipos é importante que seja feita uma breve introdução sobre o funcionamento dos motores ciclo Otto, ou seja, motores a combustão interna.

Trata-se de máquinas que conseguem transformar energia térmica obtida na combustão em energia mecânica, capaz de movimentar o veículo. O processo em questão, ocorre em 4 importantes ciclos: admissão, compressão, combustão e exaustão.

No funcionamento do motor, cada um dos cilindros realiza um ciclo diferente.

As características do turbo monofluxo

O turbo monofluxo é a opção mais usada pelos preparadores e tem a maior variedade de opções e configurações do mercado. Isso, porque ele é de fácil instalação.

Ele reúne os gases de escape em um canal único. Possui ainda uma espécie de “ante-câmera”, onde os gases se acumulam no intuito de empurrar as aletas da turbina de uma única vez.

Em relação às vantagens, o ponto forte está na fácil instalação do turbo, já que o coletor não precisa de um desenho específico. Ele pode ser instalado em vários locais do cofre do motor.

Outra vantagem é o custo mais acessível e a grande variedade de kits. Isso permite o uso em carros 1.0 e em motores de maior cilindrada.

Em contrapartida, para o turbo monofluxo pressurizar é preciso que os gases de escape preencham o espaço entre turbina e o cabeçote, provocando uma demora da ação do turbo.

As características do turbo pulsativo

 O turbo pulsativo é composto por dois dutos de passagem de gases na parte quente. Para que ele funcione da maneira correta, é necessário um trabalho pulsativo em conjunto. Dessa forma, a turbina e o coletor devem ser de fluxo duplo.

O coletor é formado por quatro diferentes dutos individuais. Nesse caso, um para cada cilindro. Os quatro dutos terminam numa dupla de canais, que jogam os gases do motor direto na turbina, de maneira alternada. Por isso o nome pulsativo.

Quanto às vantagens, nesse sistema o coletor é construído seguindo-se a ordem de explosão dos cilindros do motor, evitando que os gases formem turbulência. É algo que reduz a contra-pressão nos cilindros.

Por outro lado, o coletor de um sistema pulsativo segue regras de construção para que o aproveitamento dos gases seja grande.

Notou a diferença do turbo monofluxo para o turbo pulsativo? A resposta de qual é melhor vai depender do seu gosto. Lembre-se sempre de procurar uma empresa especializada e competente.

Entre em contato conosco. Será um prazer te ajudar!

Veja mais conteúdos

Deixe seu comentário

Sobre a TCL

A TCL é uma empresa que marca sua presença no segmento de turbos e compressores de ar há mais de 30 anos, sendo reconhecida por seus clientes devido a sua qualidade e princípios éticos. 

Recent Posts

Contate-nos

Deixe nos lhe ajudar?

Receba nossas novidades

Conteúdos especiais para você!